29
Jul 16
publicado por Tempos Modernos, às 23:30link do post | comentar

Acho que só hoje dei conta do nome do programa da Rádio Renascença que conta com António Vitorino e Pedro Santana Lopes como comentadores.

 

A coisa chama-se "Fora da Caixa", o que é manifesta falta de sentido do rídiculo. Dificilmente se encontrariam uns protagonistas que andassem há tanto tempo, e tanto por aí, e como estes dois.


publicado por Tempos Modernos, às 20:36link do post | comentar

A frase vai na linha de outras que correm em meios diplomáticos. Mas não há outro modo de tratar o ministro das Finanças holandês.

 

O desapontamentamento de Jeroen Dijsselbloem com a não aplicação de sanções a Portugal e Espanha tinha de ser  convenientemente enquandrado pelo Estado português. Foi o que fez o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

 

Primeiro, disse ouvir as declarações do ministro trabalhista holandês "com toda a atenção que merecem as declarações produzidas por personalidades europeias, mas com a atenção que essas declarações merecem". Depois, lembrou Dijsselbloem que o tal eurogrupo a que preside "nem sequer tem existência estatutária formal."

 

E, apesar dos resultados, há um receio do falar assertivo e frontal bastante propalado nas últimas semanas e que outros continuam a propalar, confundindo-o com um qualquer radicalismo.

 

 


mais sobre mim
Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
20
22
23

24
27
28

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO