17
Mar 14
publicado por Tempos Modernos, às 11:01link do post | comentar

 

 

"Nunca ouvi ninguém fazer insinuações sobre o patriotismo (ou falta dele) - e era o que faltava que fizesse - de quem, resignado com a perda de soberania, vai todo contente, a Berlim ou a Bruxelas, prestar vassalagem à senhora Merkel."

 

Nunca ouviste? E "era o que faltava"?

 

Mas porquê, se os próprios os partidos da maioria passam a vida a lembrar-nos que governam em nome de entidades estrangeiras e quebram compromissos com reformados e outros credores nacionais para pagar aos estrangeiros? Se se tornam porta-vozes de Berlim e Bruxelas, se tomam as dores de Executivos estrangeiros e dos seus povos e desprezam o sofrimento dos que os elegem?

 

Se são os mesmos que exigem sacrifícios aos nacionais os primeiros a pôr o couro fora, deslocalizando sedes e contas para outros países?


mais sobre mim
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14

20
21
22

23
24
26
28
29

30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO