12
Jul 15
publicado por Tempos Modernos, às 11:17link do post | comentar

Telefona-se para a PSP local e não conhecem a morada que se lhes indica. Tem de se lhes explicar. Depois, têm um carro na rua e não sabem quando podem passar. São, no geral, urbanos, educados.

 

Mas, por aqui, não me recordo de ver guardas na rua, tirando à porta de bancos. São gratificados. Polícias montando guarda nas suas folgas.

 

Não conhecem a toponímia do sítio onde estão colocados, têm apenas um carro pelo que a sua presença demorará. Não conhecerem, a pé, como a palma da mão, as ruas da cidade onde estão colocados é uma grave falha operacional: Onde é que fica um telefone público, onde está a passagem alternativa, que rua costuma estar atravancada, fechada num beco, que saída tem o café ou bar para as traseiras, como é mais rápido ir dali para acolá?

 

Dirão que conhecem tudo isto, que só não sabem os nomes das ruas. Duvido muito. E não se responde depressa a um pedido de intervenção se, do outro lado, o polícia que recebeu a chamada tiver de estar a explicar aos camaradas onde é o sitio de onde surgiu o alerta.

tags:

mais sobre mim
Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
17

19
20
21
23
24
25

26
27
28
29
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO