12
Jul 16
publicado por Tempos Modernos, às 11:09link do post | comentar

A lei foi "escrupulosamente cumprida" na contratação do ex-vice-primeiro-ministro Paulo Portas pela construtora Mota-Engil.

 

Quase em paralelo, soubera-se que a contratação pela companhia financeira Arrow Global da ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, "não viola a lei".

 

Por uma coincidência tramada, Durão Barroso é nomeado para a administração da Goldman-Sachs sem "conflito de interesse ou qualquer outra matéria que constitu[a] um impedimento dessa natureza". 

 

David Dinis também saltou directamente da assessoria de imprensa do antigo primeiro-ministro Durão Barroso para o jornalismo político. Mas está tudo muito bem e correcto no melhor dos mundos: então se não existe "uma imposição legal de “quarentenas” para o trânsito entre assessorias e redacções"...

 

Sobejas-lhes o respeito da lei, quando o que lhes falta é de outra natureza.


mais sobre mim
Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
20
22
23

24
27
28

31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO