07
Dez 15
publicado por Tempos Modernos, às 16:34link do post | comentar

Nenhum dos resultados eleitorais de ontem reforçou a liberdade ou a democracia. Nem a vitória de Marine Le Pen, nem a derrota de Nicolás Maduro.


14
Nov 15
publicado por Tempos Modernos, às 17:44link do post | comentar

Pelo mundo.


11
Nov 15
publicado por Tempos Modernos, às 08:40link do post | comentar

José Manuel Fernandes diz na RTP3 que o acordo das esquerdas "não é entusiasmante".

 

Percebe-se o enfado. Na juventude estróina do PREC andou ligado a bandos esquerdistas que a direita bombista e a maioria silenciosa combateram. Depois, no jornalismo, pôs gravata, mas não amansou. O hoje neo-con anda legatário da boa gente do Tea Party, ligado a malta do Compromisso Portugal. 

 

No passado recente, com o pretexto das armas de destruição maciça, esteve com as bombas sobre o Iraque, decididas também por Durão Barroso e Paulo Portas. As mesmas bombas que Blair, outro cúmplice, admite terem produzido o Estado Islâmico. Pouco depois, clamando sempre pela Liberdade de Imprensa, andou misturado no caso das escutas de Belém (aqui e aqui) - a despropósito, lembre-se como na amada América, Watergate levou à queda de um presidente republicano.

 

Habituado a partir para a guerra, entende-se que medidas contra a precariedade, o empobrecimento, pelo aumento do salário mínimo, pareçam a Fernandes tão demagógicas quanto sensaboronas. 


27
Mar 14
publicado por Tempos Modernos, às 18:06link do post | comentar

Se se emprenhasse um bocadinho menos de ouvido, escreviam-se menos asneiras nos jornais sobre países como a Coreia do Norte.

 

Há tempos, foi a história do tio do Querido Líder entregue aos cães para ser devorado vivo, agora a obrigatoriedade de se usar o penteado de Kim Jong-un.

 

Em boa parte das secções internacionais portuguesas, nem sequer escaldados por sucessivos desmentidos de boatos, pela inexistência total de fontes credíveis sobre a ditadura norte-coreana, pelo desconhecimento da língua se pára de publicar sem cuidado e se começa a parar para pensar (aqui, aqui, aqui, aqui).

 

Felizmente, existe quem faça o trabalho de casa jornalístico, como estes brasileiros ou estes suspeitos norte-americanos, a que cheguei por aqui.

 

 


05
Dez 13
publicado por Tempos Modernos, às 23:22link do post | comentar


Coragem, dignidade, bondade, heroísmo.

14
Set 13
publicado por Tempos Modernos, às 19:49link do post | comentar

"O mundo ainda não fez tudo para evitar que se repita o drama do Lehman Brothers"


16
Abr 13
publicado por Tempos Modernos, às 20:03link do post | comentar

Depois de morrer, Hitler pediu a São Pedro que o deixasse regressar à terra por algum tempo.

 

- Para quê?, questionou o santo. 

 

- Ainda queria matar um milhão de judeus e um sueco, respondeu-lhe o líder nazi.

 

- Um sueco?, ripostou espantado São Pedro.

 

- Vês? Com os judeus ninguém se preocupa.

 


publicado por Tempos Modernos, às 18:33link do post | comentar

 

 

(Foto: memoriastierra.blogspot.pt)

 

A persistência dos golpistas.


06
Mar 13
publicado por Tempos Modernos, às 15:30link do post | comentar

 

(Fotovoxxi.com)

 

Morreu o "ditador" inventado pela comunicação social. Nas vésperas do golpe de Estado de 2002, que o derrubou durante escassas horas, a imprensa local retransmitida acriticamente para o mundo mostrava "o povo venezuelano na rua contestando Chávez". As imagens mostravam gente buzinando ao volante de mercedes e mulheres louras batendo tampas de panelas, sinais de riqueza e aspectos físicos demasiado exóticos para um povo sul-americano.

 

Numa sociedade que sempre viveu do petróleo, e que só com Chávez melhorou as condições de vida de um exército de deserdados analfabetos, lembram-se as vitórias, mas esquecem-se as derrotas eleitorais do peculiar "ditador", sempre demonizado pelos comentadores de plantão e pelo pessoal que emprenha de ouvido com as primeiras páginas do ultramontano ABC, dos jornais norte-americanos, e também do sério El País


11
Dez 12
publicado por Tempos Modernos, às 10:23link do post | comentar | ver comentários (1)

 

Há um momento em que tudo se deslassa.


mais sobre mim
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO