01
Set 16
publicado por Tempos Modernos, às 10:39link do post | comentar

Marcelo Rebelo de Sousa disse nas Desertas que quer fazer tudo o que puder nos próximos quatro anos e meio, sem pensar em deixar coisas para um segundo mandato presidencial.

 

Hoje em artigo da Visão fez o elogio do velho companheiro de activismo católico, António Guterres, candidato agora a secretário-geral da ONU, o mesmo que se quiser, diz Marcelo Rebelo de Sousa, poderá "ser Presidente da República".

 

No final do mandato, o Presidente da República estará pelos 73 anos. Será, parece-lhe, uma boa idade para Guterres regressar à Pátria

 

(regressar, se for eleito secretário-geral da ONU)

 

e terminar uma carreira política que tem sido menos do que se chegou a esperar.


10
Mar 16
publicado por Tempos Modernos, às 17:17link do post | comentar

Oráculo, ontem, num canal noticioso especializado:

 

"Marcelo Rebelo de Sousa promete fazer cumprir a Constituição."


26
Nov 15
publicado por Tempos Modernos, às 08:34link do post | comentar

Dizia-me não haver alternativas. Mas não és de esquerda, que sim, mas Alegre era um traidor. Votou nisso que aí está e hoje pertence à direcção de um órgão de comunicação social. 


08
Nov 15
publicado por Tempos Modernos, às 14:55link do post | comentar

Estou  desejoso de que Cavaco abandone Belém para se poder começar a tratar a figura tal como ela merece e sem risco de se ir condenado por ofensa à presidencial instituição.


18
Out 15
publicado por Tempos Modernos, às 13:05link do post | comentar

Só não tinha imaginado a obrigação constitucional de ouvir os partidos antes de dizer ao presidente do seu que fosse formar Governo.

 

* Título do Jornal de Notícias


publicado por Tempos Modernos, às 11:16link do post | comentar

"Cavaco tinha imaginado o actual cenário político"


15
Mai 13
publicado por Tempos Modernos, às 14:53link do post | comentar

 

(Foto: catholic.org)

 

... o Espírito Santo ou lá quem é que trata destas coisas terrenas tivesse iluminado os eleitores nas presidenciais.


27
Abr 13
publicado por Tempos Modernos, às 21:38link do post | comentar

 

(Foto: Ilustração Portuguesa, 1910)

 

O discurso de Cavaco no 25 de abril mostra que não são apenas as legislativas que fazem sentido

 

As presidenciais são igualmente desejáveis.


27
Mar 13
publicado por Tempos Modernos, às 22:17link do post | comentar

"E depois, Cavaco nem sempre tem sido tão discreto como agora diz ser. Com Sócrates não faltaram alfinetadas públicas e ruidosas. A vingança serviu-a no prefácio dos discursos do ano passado. Duvida-se que não a venha a pagar. O ex-primeiro-ministro nunca teve feitio fácil."

 

Cavaco merece a maior parte das acusações feitas por José Sócrates. Ao ex-primeiro-ministro só falta uma justificação, tirando o ressentimento, para não ter apresentado previamente a proposta do PEC IV a Belém. 


publicado por Tempos Modernos, às 21:50link do post | comentar

Falar de intrigas politico-partidárias quando em cima da mesa estão a moção de censura do PS ao Governo e no dia em que Sócrates regressa de Paris para ser entrevistado pela RTP e se espera que responda aos críticos, coloca Cavaco de corpo inteiro dentro da intriga que diz desprezar e não criar emprego.

 


mais sobre mim
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

17
19
20
21
22
23

24
25
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO