Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais um caso preocupante

por Tempos Modernos, em 17.02.12

Os mesmos portugueses que criticam o estado da Justiça portuguesa são bem capazes de estar com um sorriso de orelha a orelha por causa do alegado suicídio do homicida de Beja. Fazem mal. Muito mal.

 

Deixar que um prisioneiro que devia estar sob a mais estrita vigilância cometa suicídio (e escape ao julgamento) é mais um ruidoso e claro sinal da indigência e incompetência da justiça e do sistema prisional portugueses.

 

Não faltará quem diga que teve o que merecia, sozinho ou ajudado, e nem se sabe muito bem que resultados terá a investigação da Inspecção Geral da Administração Interna.

 

Os que lançam serpentinas e foguetes não percebem que os fumos da sensação de justiça escondem a falência de uma sociedade e de um sistema.

 

Podem emocionar-se à noite com a sua própria compaixão indignada. Mas a barbárie escreve-se de mais maneiras do que aqueles que dizem defender a civilização e a bondade têm sequer capacidade para imaginar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:02


2 comentários

Imagem de perfil

De Curly a 17.02.2012 às 18:13

Tens muita razão! Ele devia estar vigiado como forma de assegurar que isto (ou ser assassinado por um outro prisioneiro) não acontecesse. Para depois ser julgado e condenado, e cumprido a sua pena...
Mas, sabes, nem sempre a razão e o coração andam a par e passo...e umas vezes deixámos falar mais alto a razão, outras vezes o coração (o meu ficou alterado com a imagem de um mini caixão branco...)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D