22
Fev 12
publicado por Tempos Modernos, às 16:02link do post

O contrário, especificou o provedor, é a possibilidade de existirem situações de "gratidão" e de "zelo" excessivo. "Muitas vezes - ou algumas vezes - há um sentimento que se sobrepõe e não tem nada a ver com a amizade, pode ser a gratidão. Algumas vezes pode-se ser mais papista que o Papa", comentou Mário Figueiredo. Em certos casos, acrescentou, "não há necessidade nenhuma de haver interferências porque há este sentimento estranho, que é a gratidão em relação a quem me mantém no lugar e me mantém as benesses".

"Eu já ouvi uma versão nos corredores [da RTP] e incomodou-me muito. Alguém terá dito - e se o disse é gravíssimo -, na sequência de o Pedro Rosa Mendes ter dito mal da empresa e de um programa da RTP que 'isso é a mesma coisa que morder a mão que nos dá de comer'", contou Mário Figueiredo. "Se isto foi dito e interiorizado, isto traduz muitas coisas."

 

Nota: Este post é para ser lido com este.

 


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

14
15

19
20
21

26
27
29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO