18
Set 11
publicado por Tempos Modernos, às 14:27link do post | comentar

Louçã quer que da reunião de amanhã entre o Presidente da República e o primeiro-ministro saia uma decisão sobre a aplicação da lei das incompatibilidades na Madeira.

 

Cavaco sempre se distinguiu mais pelo calculismo que pela coragem. Em 2008, quando passou pelo arquipélago foi impedido pelo PSD local de presidir a uma sessão solene da Assembleia Regional. Não houve reacção que se visse e recebeu os partidos da oposição em encontros privados, quase clandestinos.

 

Agora, com Alberto João Jardim apanhado no percurso descendente da roda da fortuna, fará Cavaco o que se impõe?


mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
14
15


26
28
29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO