02
Abr 12
publicado por Tempos Modernos, às 22:43link do post | comentar | ver comentários (2)

 

Voluntarismo e amadorismo juntam-se de forma risível no megalómano MInistério da Economia.

 

Queimados com os Transportes, por causa da Lusoponte, Passos Coelho e Álvaro Santos Pereira, ministro com contrato a termo, acabaram com o TGV que um anterior Governo PSD/CDS-PP tinha acarinhado para, de seguida, avançarem com uma moderna ligação de mercadorias entre Sines e Badajoz. Aparentemente, não consultaram nem operadores, nem especialistas.

 

Trágico, no entanto, é que num conselho de ministros inteiro não houvesse ninguém que soubesse ou reparasse que Portugal e Espanha têm bitolas ferroviárias diferentes das do resto da Europa há dezenas e dezenas de anos.


mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13

17
18
20

23
26
27

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO