14
Dez 12
publicado por Tempos Modernos, às 13:19link do post | comentar | ver comentários (1)

O ministro da Defesa hostiliza os militares demasiadas vezes.

 

Ninguém lhe faz o boneco?


publicado por Tempos Modernos, às 10:10link do post | comentar | ver comentários (1)

Em nome de que racionalidade e grande desígnio nacional se mantém a divergência económica de um país, o seu empobrecimento e o da população durante uma geração inteira?

 


publicado por Tempos Modernos, às 09:43link do post | comentar | ver comentários (1)

A leitura é livre, mas parece haver mais quem desconfie da má vontade de Paulo Portas em relação às medidas de austeridade do Governo. Estas têm sido apoiadas e executadas em toda a linha, no parlamento e nos ministérios, pelos representantes do CDS-PP.

 

Em sentido contrário, só os sinais de desconforto meramente verbalizados que o partido e seus responsáveis vão fazendo chegar à comunicação social. 

 

Uma proposta para renovar a confiança na coligação governamental foi apresentada no conselho nacional do partido. A tese defendia que o CDS-PP não pode estar com um pé dentro do Governo e outro fora. Foi chumbada. Filipe Anacoreta Correia, o seu primeiro subscritor, espera que não haja "calculismo político" no chumbo dos companheiros.


O que saiu como lead das decisões tomadas neste conselho nacional foi o empenho do CDS-PP na defesa do Estado Social. Uma boa maneira de dissipar as dúvidas de Filipe Anacoreta Correia seria começar por alterar as directivas que saem do Ministério da Solidariedade, liderado pelo responsável popular Pedro Mota Soares.


O resto é, literalmente, conversa.


mais sobre mim
Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

16
17
18
19
20

24
26
27

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO