10
Jun 13
publicado por Tempos Modernos, às 18:54link do post | comentar

Via Viriato Soromenho Marques dou conta que Freitas do Amaral comparou o Portugal presente com o da crise de 1383-1385.

 

Em Dia de Portugal, repara-se mais nos Peres de Trava, nos Andeiros, nos Miguéis de Vasconcelos que andam por aí instalados no poder, defendendo sobretudo interesses externos e particulares.

 

No seu tempo, também eles se pareceram legítimos e eternos


publicado por Tempos Modernos, às 18:29link do post | comentar

Os dias que devia usar para tentar salvar o país, gasta-os Cavaco a tentar salvar-se a si próprio.

 

Depois de, há umas semanas, ter parecido assumir algumas responsabilidades por erros cometidos enquanto primeiro-ministro nos sectores da agricultura e da pesca, meteu marcha à ré e fez mea culpa do mea culpa.

 

O País já não lhe diz nada. O discurso de Cavaco já só tem um destinatário: o próprio Cavaco esbracejante, tentando salvar-se para a História, para a eternidade.


publicado por Tempos Modernos, às 14:00link do post | comentar

publicado por Tempos Modernos, às 12:15link do post | comentar

Luís Pedro Nunes, do alto do seu púlpito n’O Eixo do Mal, da SIC Notícias, acusa a FENPROF de não se renovar e manter Mário Nogueira* como secretário-geral há demasiados anos.

 

Mário Nogueira foi eleito pela primeira vez em 2007 para o lugar que ocupa - e reeleito duas vezes desde então. Luís Pedro Nunes é director do jornal satírico O Inimigo Público desde 2003, mas não consta que alguém tenha votado nele. É só o dono da bicicleta.

 

*Figura que nem me é particularmente simpática


mais sobre mim
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

20
21

24
25
27
28
29

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO