12
Mai 16
publicado por Tempos Modernos, às 15:23link do post | comentar

Uns maduros  invadiram a página de Facebook do Bayern de Munique com alertas para o mau negócio que, no seu entender, os alemães fizeram ao contratar o médio benfiquista Renato Sanches.

 

O acto revela mais preocupações com o riquíssimo clube de futebol alemão, do que com a vida do rapaz que jogou no Águias da Musgueira. Os novíssimos correspondentes portugueses do Bayern de Munique na rede social não se importam de destruir a carreira e a vida do futebolista, ou pelo menos de o tentar fazer. O que ilumina e revela um carácter.

 

Estão convencidos de que a imprensa desportiva portuguesa é encarnada, de que os alemães foram enganados por ela. E como podem não ter razão? Afinal, sabem mais de futebol que Pep Guardiola e Rummenigge e não se deixaram enganar pelo 8 benfiquista.


publicado por Tempos Modernos, às 15:00link do post | comentar

A confirmação deste postado, cinco meses depois.


publicado por Tempos Modernos, às 11:07link do post | comentar

A coisa […] decorre de forma ortodoxa – um [José Manuel Mestre]  pergunta, o outro [o primeiro-ministro] responde, como acontece nas entrevistas. O ambiente era de tal modo de conversa que António Costa até se permitiu dizer para o entrevistador, no início da entrevista: «Não quero estimular a concorrência entre si e o José Gomes Ferreira.»

O entrevistado lembrou, assim, outro insólito nesta variante inovadora da SIC: momentos antes, o tal Ferreira serviu para fazer a transição entre a chegada do entrevistado e a entrevista propriamente dita. Ambos sentados, Ferreira dizia coisas, sorria, com subentendidos que ele lá sabe, e, quando o Costa ia a responder, dizia que não havia tempo e punha nova pergunta.

Se a SIC tirar essa parte inicial, penosa e sentada, a nova fórmula de entrevistas de pé até pode ser interessante.”*

 

de Ferreira Fernandes

*A paragrafação foi editada


publicado por Tempos Modernos, às 11:05link do post | comentar

Não basta, mas os bons órgãos de comunicação social caracterizam-se pela expressão do contraditório e do pluralismo.


mais sobre mim
Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

21

22
23
25
26
27
28

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO