08
Ago 16
publicado por Tempos Modernos, às 20:08link do post | comentar

Bem sei que a peça quererá responder a uma curiosidade dos leitores surgida agora, mas o jornalismo além de curto, claro e conciso tem de ser culto.

 

Ficarem a cultura e a reflexão à porta das redacções explicará que numa publicação portuguesa se chame cupping a uma prática com origem na China, Egipto e Médio Oriente antigos.

 

Nos jornais (onde há gente que lida com a língua portuguesa e com as novidades) há sempre uns artistas a redescobrir o fogo e a dar nomes ingleses a coisas tão velhas como o Partenon.

 

 


publicado por Tempos Modernos, às 10:13link do post | comentar

Curioso, que os alinhamentos noticiosos e as primeiras páginas dos jornais de hoje já não guardem referências directas* ao caso das viagens de governantes à vista de toda a gente e pagas pela Galp.

 

Ou os actores do PSD e do CDS-PP foram de férias ou o novo emprego petrolífero de Paulo Portas (e os incêndios florestais) lembrou-os de que correm o risco de sair chamuscados desta guerra. A ver se se contêm mais uns dias ou se não resistem, que a coisa tem potencial.

 

* A propósito do novo emprego de Portas, o jornal i fala de nova legislação do PS acerca de transparência


mais sobre mim
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
26

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO