Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Instantes decisivos

por Tempos Modernos, em 20.07.11

 

Sem o afrodisíaco do Poder - que lhes retira a censura e os faz alinhar nas mais degradantes brincadeiras e posições governativas - os militantes do PS encaram a candidatura de António José Seguro com o escasso entusiasmo com que um norte-americano recebe a final do campeonato do mundo de futebol.

 

Mesmo assim, diz-se que pode derrotar o igualmente morno Francisco Assis, candidato no lugar do candidato António Costa.

 

 

No Córtex Frontal, Medeiros Ferreira - que ainda ontem na TVI estranhava a escassa atenção dada pela comunicação social às internas do PS - acredita estar na presença de eleições tão axiais como aquelas que fizeram Guterres e a Terceira Via sucederem a Sampaio, derrotado em 1991 por Cavaco.

 

Karl Jaspers usou este conceito do Achsenzeit para classificar os instantes em que a Humanidade deu saltos decisivos mudando de paradigma civilizacional. Para os não crentes do PS, a ideia de o partido estar num momento axial parece difícil de engolir.

 

Os actuais protagonistas não deslumbram. Mas também se sabe que a aposta na fulanização e nos homens providenciais - com os superiores resultados que se conhecem - tem sido trágica. Infelizmente, no PS, às personalidades que não retinem, juntam-se as ideias que não soam.

 

Ajuda mais à inclinação para um ou outro candidatos conhecer quem os apoia do que esmiuçar o que eles dizem. Com Assis estão, por exemplo, os blogues que apoiaram Sócrates. Com Seguro, os próximos do Bloco de Esquerda.

 

Mário Soares - em intervenção que suscitou escassa citação pois disse coisas que não interessam aos braços do establishment político, económico e jornalístico - afirmou há dias que o PS deve recusar revisões constitucionais.

 

Foi distracção minha, ou o querido leitor também não ouviu um comentário sobre o assunto aos candidatos a secretário-geral? Pode a axialidade do momento chegar às escondidas, instalando-se de pantufas numa casa que já foi de Esquerda?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:58



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D