20
Jan 17
publicado por Tempos Modernos, às 11:32link do post | comentar

 

filhos da rua arbat.jpg

 

Andei anos à procura disto, e de modo activo pelo menos desde que lhe encontrei a continuação editada em português - O Medo - Trinta e Cinco e os Anos Seguintes, numa feira no adro da Igreja de Nossa senhora de Fátima, na Avenida de Berna.

 

Os Filhos da Rua Arbat, de Anatoli Ribakov, foi o romance mais famoso da Perestroika e até sabia onde havia um exemplar, mas desagradavam-me todos os custos de o mandar vir de avião.

 

Encontrei-o agora ao vasculhar as estantes da papelaria aqui do outro lado da rua.


mais sobre mim
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

17
21

22
23
24

30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO