05
Nov 16
publicado por Tempos Modernos, às 14:28link do post | comentar

Voltou-se tudo contra José António Saraiva, pelos atropelos éticos e deontológicos cometidos em Eu e os Políticos.

 

Não se leu uma palavra acerca da ética e deontologia do órgão de comunicação social que transcreveu e publicou passagens referentes a uma das pessoas envolvidas.

 

 


08
Ago 16
publicado por Tempos Modernos, às 10:13link do post | comentar

Curioso, que os alinhamentos noticiosos e as primeiras páginas dos jornais de hoje já não guardem referências directas* ao caso das viagens de governantes à vista de toda a gente e pagas pela Galp.

 

Ou os actores do PSD e do CDS-PP foram de férias ou o novo emprego petrolífero de Paulo Portas (e os incêndios florestais) lembrou-os de que correm o risco de sair chamuscados desta guerra. A ver se se contêm mais uns dias ou se não resistem, que a coisa tem potencial.

 

* A propósito do novo emprego de Portas, o jornal i fala de nova legislação do PS acerca de transparência


07
Ago 16
publicado por Tempos Modernos, às 17:27link do post | comentar

Mas irá ao México e em trabalho que Portas ganhou bastante expertise nos sectores da construção e dos combustíveis, nas bem recentes passagens pela Defesa e pelos Negócios Estrangeiros.


publicado por Tempos Modernos, às 15:59link do post | comentar

Pelo que representa de uma certa atitude cultural, o caso é grave e os comportamentos dos três governantes não são admissíveis.

 

No entanto, quando li o título "Quero quando não posso e não quero quando posso", julguei que Francisco Louçã se referia à situação.

 

Afinal não. Quem identifica um certo discurso de modo claro é o autor do blogue O Jumento com o título "Putas velhas armadas em virgens puritanas."

 

Aproveitando o articulado usado hoje - por uma jornalista sempre opiniosa e pouco dada ao exercício do contraditório - numa entrevista conduzida a meias: serão senhores "de um percurso e  uma coerência peculiares".


04
Ago 16
publicado por Tempos Modernos, às 12:32link do post | comentar | ver comentários (2)

A questão ética nem se lhes coloca, a aceitação por um governante de viagens pagas por uma grande empresa para ver jogos de futebol é de tal modo natural que a incompatibilidade e o lio em que se metem não lhes surge na cabeça de forma meridiana.

 

E, depois, sempre o primado da lei enquanto justificativo. Por estas e por outras é que se torna impossível ensinar ética e deontologia. Ou se tem ou não se tem.

 

A falta de consciência leva-os às várias formas de se apodrecerem civicamente, de se deixarem enredar em redes de criação de empatias. Simpatias que mais tarde podem ser ou não accionadas.

 

A falta de discernimento leva-os a porem-se a jeito e a minar Governos. Até por uns trocados, como no caso de Rocha Andrade. Não é o primeiro caso, não será o último.

 

E, neste caso, ainda por cima, o tiro assesta no omnipresente e central Ministério das Finanças. O que dificulta todas as medidas.


12
Jul 16
publicado por Tempos Modernos, às 11:09link do post | comentar

A lei foi "escrupulosamente cumprida" na contratação do ex-vice-primeiro-ministro Paulo Portas pela construtora Mota-Engil.

 

Quase em paralelo, soubera-se que a contratação pela companhia financeira Arrow Global da ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, "não viola a lei".

 

Por uma coincidência tramada, Durão Barroso é nomeado para a administração da Goldman-Sachs sem "conflito de interesse ou qualquer outra matéria que constitu[a] um impedimento dessa natureza". 

 

David Dinis também saltou directamente da assessoria de imprensa do antigo primeiro-ministro Durão Barroso para o jornalismo político. Mas está tudo muito bem e correcto no melhor dos mundos: então se não existe "uma imposição legal de “quarentenas” para o trânsito entre assessorias e redacções"...

 

Sobejas-lhes o respeito da lei, quando o que lhes falta é de outra natureza.


12
Jun 16
publicado por Tempos Modernos, às 14:32link do post | comentar

OM.jpg

 


17
Out 15
publicado por Tempos Modernos, às 17:29link do post | comentar

A coisa está tão mal entregue.


21
Out 12
publicado por Tempos Modernos, às 12:28link do post | comentar | ver comentários (1)

 

... mas o que se pode dizer é que Murdoch deve saber o que diz quando o tema é escumalha.


mais sobre mim
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO